Como traçar estratégias de compra de ações?

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Para comprar e vender ações no mercado de ações é sempre importante traçar alguma estratégia seja na compra ou venda de algum ativo visando evitar correr riscos desnecessários.

As estratégias mais importantes que iremos citar são: rompimento, correção, contra tendência

Qualquer que seja a estratégia atual adotada para utilizá-las é necessário observar a tendência em que se encontra o preço. A tendência de um preço é formada por movimentos ascendentes e descendentes cujos topos e fundos identificam onde o preço se encontra e o momento atual.

Quando se utiliza uma estratégia de rompimento e correção, significa dizer que os preços estão em uma tendência de alta. Caso contrário a escolha de uma estratégia contra tendência aponta um movimento de baixa com topos e fundos e descendentes.

Rompimento

O rompimento é quando uma compra é realizada após a superação de um topo anterior conhecida como resistência em uma tendência de alta.

Utilizando o gráfico da VALE5, observe o movimento de alta posterior ao movimento de baixa anterior. A formação de fundos descendentes começa a ser interrompido pela sequência de movimentos ascendentes com um pivot de alta que confirma o longo movimento de alta acima das médias móveis.

fig2

O candle A mostrado no gráfico aponta o momento em que foi acionado a compra e o exato rompimento do preço. Podemos observar que nesse momento também houve a formação de um fundo mais alto ao anterior formando topos ascendentes marcados.

Correção

Nessa estratégia a compra de um ativo é sinalizada dentro de um movimento de baixa em uma tendência de alta. Ou seja, a formação do fundo posterior deve ser mais alta e deve haver um candle que mostre a força que indique o rumo do movimento. Exemplo:

fig3

Utilizando o gráfico diário da HYPE3, onde podemos notar o movimento de correção? A partir do candle mostrado pela letra B cujo movimento de baixa se deu do ponto A té o ponto B. E o que marca o motivo de uma compra acontecer nesse ponto? A formação de um fundo mais alto do que o anterior confirmando a tendência de alta e o candle positivo indicando força compradora para os próximos movimentos.

Contra tendência

Essa estratégia consiste na compra de um ativo após um forte movimento de baixa. Antecedendo este movimento existe um topo descendente, ou seja um topo mais baixo do que anterior, representando a tendência de baixa. Veja o exemplo:

fig4

A compra geralmente é acionada após alguma sinalização que indica chances de subida antes mesmo da formação do topo posterior a tendência de baixa que seguia. O objetivo é tentar aproveitar o repique de alta, ou movimento de correção da forte baixa provocado pela tendência.

Publicado em Investimentos | Com a tag contra tendencia, correção, rompimento | Deixar um comentário

Stop Gain – Como sair de uma operação com lucro ?

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Uma das formas de garantir o lucro no mercado de ações durante nossas operações de investimento é estabelecer ordens de envio automático a nosso home broker protegendo nosso capital das oscilações sofridas por um determinado ativo.

O planejamento junto da tomada de decisão exige o conhecimento do mercado o entendimento dos sinais atuais emitidos pelo ativo bem como sua tendência, ou seja, sua direção atual formada para que uma operação de compra ou de venda proporcione um retorno positivo.

O fato de um investidor entrar comprado em uma ação onde a tendência seja de baixa sem antes ter observado os movimentos que vinham sendo formados, implica em um prejuízo na certa. Isso também ocorre se uma venda for realizada em um momento onde a ação projeta um período de valorização, fazendo com que esse investidor(vendedor) nesse momento fique de fora da rentabilidade sobre o ativo.

Como forma de introduzir maneiras mais eficazes de operar, o stop gain visa estabelecer de forma automática esses momentos ideais junto a um planejamento de investimento, pois com essa ferramenta fica visível um objetivo de saída com ganho em uma operação bem sucedida. O stop gain permite ao investidor vender saindo de uma operação embolsando o lucro após o sinal proporcionado para que isso ocorresse.

Durante o uso dessa ferramenta é possível determinar o preço de disparo e o preço de venda .

Preço de Disparo: O preço de disparo é o valor monetário do ativo que servirá como condição para o envio automático da ordem de venda no Home Broker. Quando a ação estiver sendo negociada nesse preço, o Home Broker enviará a ordem de venda para o sistema do Mega Bolsa onde sua ordem fica no aguardo até ser executada para o melhor comprador(a).

Preço de Venda:  É o valor monetário do ativo que será enviado ao sistema quando o preço de disparo for executado. Quando for executado você sai da operação com lucro e encerra a posição com a operação.

fig2

Observando a figura acima temos traçado os preços de stop gain e stop loss respectivos no gráfico da BVMF3. O fundo em R$12,10 fica como base para o nossos preços de disparo em R$ 12,09 que deve ser superior ao preço de venda em R$12,00. O valor de R$12,55 fica como preço de entrada (compra) na superação da máxima do topo anterior em R$12,52 com os respectivos preços do stop gain determinados em preço de venda em R$13,09 e preço de disparo em R$13,50.  Deve-se colocar os preços de disparos depois, pois a ação corre o risco de bater no gatilho (momento em que ocorre o disparo da ordem) e voltar ao preço de venda.

Observe a importância de estabelecer um stopgain e um stop loss. O envolvimento emocional do investidor é diminuído, pois esse fica restrito aos momentos em que existe as oscilações variáveis do preço.

Para saber mais sobre a ferramenta de stop gain, acesse o Site Como Aplicar na Bolsa

Publicado em Investimentos | Com a tag bolsa de valores, operações de investimento, stop gain, stop loss | Deixar um comentário

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

O que a Bolsa de Valores tem a ver com o Pico Agudo?

Neste vídeo “Bolsa de Valores – Disciplina, determinação e estratégia.“, Osney Cola relata as dificuldades dos iniciantes no mercado, dificuldades que podem e devem acontecer, mas que são superadas na medida em que a recompensa vale a pena.

Fica a dica de um vídeo super bacana e desafiante!!

Abraços

——————————————————————————————-

Está interessado em embarcar nessa aventura do mercado financeiro? Como qualquer aventura, é necessário ter preparo e as ferramentas certas. Abra a sua conta na corretora através da HR Investimentos, tenha acesso gratuito às ferramentas operacionais e assessoria de uma equipe extremamente qualificada. Clique aqui e dê inicio nessa aventura!!

Publicado em por admin | 2 comentários

Start ou Stop de compra?

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Na bolsa de valores, muitas operações automatizadas oferecem a um investidor a possibilidade de determinar seu lucro e sua perda, evitando até mesmo o excesso de acompanhamento do pregão que causa muita ansiedade, ainda mais quando não se pode acompanhar no dia a dia determinado ativo. O start e o stop é uma delas, e em muitos Home Brokers esta forma permite a um investidor estudar o que tem em mente com sua entrada e sua saída, seja numa operação comprada ou vendida. Mas como funciona o start e o stop para fazer minha operação começar a gerar lucro?.

Temos que, a análise gráfica é o método pertencente a forma de administrar uma ação pelos gráficos conforme seus resultados na bolsa de valores. Portanto, quando visualizamos um campo de oportunidade de entrarmos nessa ação com alguma operação em mente, o start será acionado, e caso nossa operação não se sustente, o stop será acionado limitando perdas maiores a nosso investimento.

O start funciona quando queremos executar uma venda quando estamos comprado nesse papel, ou quando estamos comprados e queremos vender o mesmo. O stop loss funciona quando uma operação de compra não deu certo, levando os preços a um valor inferior ao que determinamos antes para termos lucro, ou mesmo quando queremos vender uma ação a determinado preço limitando que esse caia mais e nossa ordem seja executada.

A realização se da quando determina-se um preço de disparo e o preço limite no Home Broker. O preço de disparo será executado quando a cotação atingir o limite estipulado. Se estiver comprado, a ordem enviada para a corretora será de vender naquele preço. Se for ao contrário a ordem de compra será enviada determinando junto ao stop seu limite de perda se ação cair.

Veja o Exemplo:

No exemplo acima, temos que nosso preço de disparo que é o de entrada na operação será de R$49,25. Nosso stop será acionado se a cotação ficar abaixo de R$48,16 e terá um limite de até R$48,00 para ser executada caso haja maior queda. Só sairei da posição comprada quando a cotação ficar abaixo de meu stop limitando uma perda de até R$1,09 por ação que possuo dessa empresa.

Publicado em Investimentos | Com a tag start de compra, stop de compra, stop gain, stop loss | Deixar um comentário

Swing trading na bolsa de valores

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Procurando sempre a melhor forma de investir na bolsa de valores nos deparamos com a dúvida, sobre qual empresa investir, o valor que será investido e tudo mais.

Dentro de um planejamento estratégico de investimento o quesito objetivo de investir deve estar no topo de nossa lista. O swing trading é a operação onde se realiza a compra de ações de uma empresa X, posicionando nossa escala no gráfico para saída, ou seja, dentro de uma linha de raciocínio essa operação é determinante para quem tem uma meta de curto a médio prazo e possui um perfil de investidor mais agressivo, mas também cauteloso em relação a forma de operar.

O swing trading é uma alternativa de investimento em relação aos investimentos de alto nível de alavancagem como o day trading de curtíssimo prazo e que exige muito conhecimento do campo por parte do investidor para uma operação bem sucedida.

Da forma em que o mercado muda sua direção, seja por valorização, lateralização ou até mesmo uma queda, existe a tendência do momento sempre para algum ativo negociado.Dessa fora o operador de swing trading consegue aproveitar esses momentos como formas oportunas de garantir lucros em pequeno espaço de tempo ou até que sua posição seja encerrada a qual definiu previamente ao entrar nessa operação.

Quem opera com swing trading precisará reconhecer tempos gráficos como: gráfico de 05 minutos, 10 minutos, 60 minutos, gráfico diário. Quanto maior o tempo de nossa frequência no mercado maior será a chance de uma exposição as retrações que ocorrem para uma possível perda.

Nessa operação aumentamos consideravelmente as chances de rendimentos com os acompanhamentos gráficos e com uso dos indicadores de padrões gráficos, pontos de resistência e suporte. Com isso montamos nossa operação comprada e vendida nos protegendo de eventuais perdas.

Conhecer a tendência em que se encontra tal ativo é uma das formas de superar o obstáculo causado por um investimento mal planejado onde assim pode ser evitada a entrada no mercado em momento inoportuno.

Dessa fora existem padrões gráficos que sinalizam as possibilidades como por exemplo: martelo, martelo invertido, bebê abandonado, estrela cadente. Dark cloud(nuvens negras), Harmai de alta, Harami de baixa, Enforcado, Engolfo de Alta, Engolfo de Baixa etc. cada padrão indica a sequência ou rumo que o movimento dos preços sentirá permitindo a tomada de decisões em nossas operações consecutivas.

Publicado em Investimentos | Com a tag bolsa de valores, investimentos, padrões de candles, swing trading | Deixar um comentário

Primeiros passos para investir na Bolsa de Valores

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Não sei nada de bolsa de valores. O que fazer? Qual o primeiro passo para investir na Bovespa? Como aplicar na bolsa de valores pela internet? As dúvidas são inúmeras, mas vamos devagar para irmos certo.

 

O investidor deve procura uma Corretora Membro da Bovespa e preenche um cadastro contratando seus serviços.
(Caso queira participar de nossa coretora parceira clique aqui)

 

Ter uma boa assessoria da Corretora, o investidor escolhe a ação ou as ações que deseja comprar e dá a ordem para a Corretora.
(Indicando-nos como parceiro, poderá sanar todas as dúvidas através do email)

 

3° O investidor que abre conta em nossa corretora parceira, além de não pagar absolutamente nada para ter a conta, ainda ganha em custo e benefício por operar com uma das melhores corretoras do Brasil.
(Para saber mais clique aqui e entrarei o mais breve possível em contato para estar lhe atendendo)

 

Não existe segredo para que o investidor obtenha sucesso, apenas deve possuir um método que lhe traga uma rentabilidade.

 

OBS: Caso queira conhecer a corretora citada acima, seu custo e suas vantagens, clique aqui e confira!

Publicado em Investimentos | Deixar um comentário

O mercado de opções e seus riscos

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Na bolsa de valores, a maioria das pessoas só conhece e investe no mercado de ações que é o mercado onde são negociados ativos de empresas de diversos setores no Brasil, como a Petrobrás, Vale, Gerdau, Tam, Banco Itaú, e por aí vai. O mercado de opções pouca gente conhece a não ser quem já investe na bolsa de valores a um certo tempo, com certeza já deve ter visto as opções, também conhecidas como derivativos.

Continue lendo

Publicado em Investimentos | Deixar um comentário

A influência da Análise Gráfica

Post to Twitter Post to Plurk Post to Bebo Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to Google Buzz

Essa ferramenta também conhecida como “Análise Técnica” é muito utilizada por investidores profissionais para analisar de forma efetiva as ações individuais de empresas no mercado de renda variável e tudo isso com base na demanda de determinado papel por meio de gráficos.

Os analistas (investidores) não prevêem o futuro, mas conseguem tomar decisões com relação aos indicadores de um ativo por meio do gráfico e assim evitarem possíveis perdas. O mercado de ações oferece formas diversas para um investimento, sendo que alguns são mais visíveis e podem fornecer dados que levem a crer a situação de uma empresa em sua real conjuntura e essa ferramenta é a “Análise Técnica”.

A análise técnica está praticamente em todo o mercado, assim como a análise gráfica, pois uma não anda na frente da outra.

(adquira já os DVD de Análise Técnica e Gráfica).

Publicado em Investimentos | Deixar um comentário